Wednesday, May 26, 2004

Hoje fui pela 1ª vez tirar sangue para fazer análises. Nem foi mau, eu gosto de enfermeiras simpácticas...
Do que não gostei mesmo foi de ter de ter mijado para uma garrafa, ir em jejum e ter de fazer a colheita às 10 da manhã! Para não falar que fui sozinho... :(
O mais giro foi mesmo quando fui tomar o pequeno almoço. Estava um pai com dois putos aí de usn 6 ou 7 anos, gémeos. Depois de os ter levado ao WC e de os sentar à mesa para comerem qq coisa, o pai pergunta a um: O que é que queres? O puto responde: frango!
Frango?!?!?! Pensei eu enquanto me mordia todo para não me rir. Então o pai diz-lhe que ainda não são horas de almoçar e pergunta ao segundo o que queria comer. O 2º puto responde: alface!
Eu aqui não me contive e fiz um sorriso de orelha a orelha! Estes putos não devem ser normais: às 10 da matina um pede frango e o outro alface??? O pai pede então à empregada duas madalenas.
Mas não havia duas, só havia uma e o pai volta a perguntar o que querem. O 2º puto responde: alface! O pai com muita calma vira-se para a empregada e diz: "traga-me 4 kilos de alface, uma madalena e um queque sff".
Acabei o meu pão de leite com fiambre (sem manteiga) e o meu trina de maçã, e vim-me embora!

Tuesday, May 25, 2004

Ai se ele cai
Todos os dias de vejo
Todas as noites te quero
Eu vou procurando
Um sinal em ti
Que me faça rir
E eu espero e nunca mais vem

Vou tirando fotocópias
E vou pensando em ti
Vou adivinhando
Todos os desejos
E todos os beijos
Que temos para trocar

De tanto querer
De tanto gostar
De tanto te amar
Eu não te quero perder

Ai se ele cai
Vai-se partir
Meu coração
Vai-se partir

Todos os dias te tenho
Todas as noites te abraço
E vou aproveitando
Tudo o que tu tens
Tudo o que me dás
Nem consigo acreditar

Meu amor, se isto é
só um sonho bom
Eu não quero acordar

De tanto querer
De tanto gostar
De tanto te amar
Eu não te quero perder

Sunday, May 23, 2004

Eis que, à beira de completar 20 primaveras, por vezes sou invadido por uma sensação de nostalgia e desfio mentalmente as recordações da minha infância. Tempos idos em que a moda ditava as botas all-star ou os ténis redley (ou então o belo sapato ortopédico, dass), em que a malta se enfardava de bolycao’s ou batatas matutano (onde saíam os autocolantes do "Tou...", ou do sonic, os pega-monstros, os fantasmas que brilhavam no escuro, os tazos, e que a malta trocava) acompanhados de um tang ou capri-sonne e até das super-saudáveis peta-zetas...
Na televisão, víamos programas de culto como o Justiceiro (Kitchi, amigão, vem-me pêgarrr), Macgyver, Já tocou, Alf, Missão: Impossível, Esquadrão classe a, Jogos sem fronteiras, o jogo do ganso, Parker Lewis, Beverly Hills 90210 e sabíamos de cor a inesquecível música do Dallas... Havia também o surreal "Nunca digas Banzai" e o imperdível "Marés vivas" na 4 antes do telejornal ( era sempre bom apreciar a Caroline, a Summer e a CJ em acção)! Bons tempos em que um gajo saía da escola a correr para ver o "Agora escolha" com a Vera Roquete na tv2: Ghostbusters, Cavaleiros das estrelas, Tom Sawyer...
Referência também para o Lecas, Thunderbirds, Stingray, Ren & Stimpy, Touché Turtle, Transformers, He-man, o Bocas (bush, bush), Thundercats, Danger Mouse, Rua Sésamo, Alice no país das maravilhas, os amigos do gaspar (com o guarda serôdio sempre com alta pifo e o manjerico: assoia poia toia soia) Dartacão, o Conde Patrácula, Cavaleiros do zodíaco, Dragonball, Tsubasa (3 episódios para chegar dum lado ao outro do campo, o relvado era curvo, os jogadores davam saltos de 10 metros e os seus remates furavam as redes, mas era lindo!). Já agora uma alusão ao concurso "A amiga olga", apresentado por olga cardoso, que era simplesmente terrível e onde se podia ganhar um copo de água ou uma sandes de fiambre!
Brincávamos com Lego e Playmobil ou com os carrinhos da majorette e matchbox e as raparigas com os pinypons, micromachines, jogava futebol com uma bola de meias na primária, onde nos intervalos a malta ia apanhar bichos-de-conta e marias-café, fazia-se moshes à malta, jogava-se à apanhada, guerras com super-soakers, balões de água, a malta levava as game gears e os game boys e ainda as máquinazitas com o tetris, e mais tarde arranjava-se uma vítima para levar ao poste hehe...
Tenho também que mencionar as belas (not!) músicas dos ministars e onda-choc, que faziam uma espécie de covers de música decente.

E agora de volta à realidade, começar a estudar para os belos dos exames......
Ó tempo, volta pa tráaaaaas...

O futebol e inteligencia nao sao palavras antagónicas. o futebol é uma actividade humana, e como tal tem um saber próprio. Esse saber eu chamo de inteligência.

o mourinho é um treinador que tem um saber extraordinario no que diz respeito à analise do jogo, à realização das tácticas, aos processos de treino que emprega e ao olho para detectar os bons jogadores. Tal é patente nos resultados espetaculares que o porto tem obtido nos ultimos 2 anos com a equipa mais barata entre o sporting e o benfica...é a realidade..o mourinho é um tipo mto bom naquilo que faz.

Friday, May 21, 2004

O paradoxo de Jorjão
Não sei se tiveram oportunidade de ler o comentário feito pelo jmv no meu último post. Se não leram eu reproduzo parte: "o mourinho é capaz de ser uma das mentes mais inteligentes deste pais no que toca ao futebol"
Reparem bem na ironia rebuscada que ele utiliza, atentem no paradoxo que ele formula implicitamente na sua oração: "...uma das mentes mais brilhantes...futebol"
Este é sem dúvida um homem que domina a língua portuguesa. Um verdadeiro paradoxo oximoral recheado de anti-pleonarismo! Brilhante!!!

Tuesday, May 18, 2004

Mourinho caiu, mas caiu à grande! Nunca mais será o mesmo... Mas caiu mesmo com muita força!
E se não acreditam, vejam os registos sismológicos do Instituto de Metereologia e Geofísica aqui.

Sunday, May 16, 2004

O pior de vir para casa depois do final da taça de portugal é que queremos buzinar aos labregos dos condutores de domingo, e ninguém nos liga nenhuma porque pensam que estamos a festejar!

Thursday, May 13, 2004

Há coisas incríveis na publicidade!
Já repararam no enorme cartaz por cima da porta do Chimarrão na João XXI que diz: "O Chimarrão deseja aos seus clientes FESTAS FELIZES" Não sei se sabem, mas estamos em Maio e o Natal é só lá para Dezembro...
Outro muito bom é um da Sagres que diz: "Impossível parar de beber" mostrando um copo de jola vazio só com restos de espuma. Claro que por obrigações legais diz: "beba com moderação", o que é perfeitamente coerente com o slogan do anúncio...
Um particularmente mau, é um do ministério da saúde a tentar vender genéricos. É mais ou menos assim: "se for a Londres, tem 13% de propabilidades de apanhar um dia com sol. Se for a Londres, o tempo médio de espera por um taxi é de 11 minutos. Se for a Londres, tem 55% de hipóteses de olhar para o lado errado numa passadeira. Numa farmácia em Londres, tem uma probabilidade de 70% de lhe venderem um medicamento genérico!" Ou seja, se os génericos forem tão bons como, não ver o sol, esperar horas por um taxi ou ser atropelado numa passadeira pk se olhou para o lado errado, então vão-se vender genéricos em Portugal que é uma coisa louca!!! Ou não...
The last but not the least, um fantástico anúncio de TV de um Renault qualquer onde no meio dos fechos centralizados e jantes de liga, se fala no sistema anti-nevoeiro, vendo o telespectador o carro a andar numa estrada num nevoeiro com 50 cm de altura e adivinhem lá, à volta do carro, cerca de 1 metro onde não há nevoeiro. Estaria tudo bem se não fosse o facto de aparecer em letras pequninas em baixo: "acessório não disponível"! Ou seja, quando a FIAT quiser vender muitos Puntos diz: "dos 0 aos 100 em 3,5segundos" com letrinhas pequninas em baixo a dizer: "motor não disponível na Europa". Ora bolas, assim também eu!

Sunday, May 09, 2004

Estava eu hoje em busca de uma bola perdida no buraco 7, depois de uma bela tacada com um driver 3 (a tacada foi mesmo boa, tão boa e tão longe que não consegui ver para onde foi) e estava uma ventania desgraçada e a lente do lado direito salta-me do olho e fica-me pendurada nas pestanas.
Ora com uma ventania daquelas não me podia dar ao luxo de ficar sem uma lente! Para além de ter ainda 3 buracos para acabar, ainda tinha de ir dar uma visitinha ao grande Couto (põe-te bom depressa, OK?) e conduzir até casa. Como estava algo longe do WC mais próximo e o vento secou a lente e sem espelho não consegui por a lente (deixei de andar com o porta lentes no bolso ao fim do 3º mes de lentes) por isso não tinha mesmo onde a por.
Foi então que me lembrei de uma situção parecida que me contaram já faz uns, errrr...... muito anos. Eu tinha um problema: tinha mesmo de voltar a por a lente, estava longe de um espelho e estava uma ventania danada que me estava a secar a lente.
Então meti-a na boca, e fui em passo rápido atá à casa de banho onde lavei as mãos, a lente e zumba! Para dentro do olho outra vez!!!

Saturday, May 01, 2004

Bem meus caros compatriotas desta alargada europa eu vos saudo!!!
Que a expansao de culturas desta nossa europa nos possa proporcionar a melhor variedade de conas de leste possivel.
Venho-vos hoje falar da minha greve de cona, incredulos os mais arraçados a judas duvidam que eu tenha tido a ousadia de cometer tal acto contra-xulo, mas sim e verdade, eu tenho empreendido esforços sobrehumanos para tentar cumprir esta dificil missao de nao olhar pa xoxas.
Akilo k o amor por uma gaja nao nos faz vejam la vcs :(
Do mal o menos conto so começar a escrever aki poemas de amor la pa final do euro 2004...beijokas e fodeivos